BEM-VINDO!

" Educar é semear com sabedoria e colher com paciência" Augusto Cury











20 de abril de 2021

Se fosse rei....

 

                                                                 Se eu fosse um rei

Se eu fosse um rei, eu começaria por duplicar as torres de vigia e povoar as terras. Depois preocupar-me-ia em que o povo tivesse as melhores condições de vida possíveis. Para viver, pediria um quarto de todos os alimentos que a população cultivaria. Também tentaria distribuir os guerreiros para conseguir conquistar terras de todos os pontos cardeais, enquanto estes combatessem. Eu pensaria em ter filhos para continuar o meu legado.

Após o meu filho ter atingido a idade legal para tomar posse do trono, eu poderia morrer e ficar descansado, pois o povo estaria em boas mãos.

                                                                                                      Martim Matos



                                                                      Se eu fosse um rei

 Se eu fosse um rei seria Rodrigo, o Rebelde.  A minha nacionalidade seria portuguesa e a minha pátria Portugal. Faria revoluções se alguém tentasse roubar o meu cargo, lutaria nas batalhas ou guerras para as quais levaria os melhores homens ou mulheres.

                Impediria o povo e alguns nobres de dar dinheiro ao Pedro Sem por ele não merecer.

                Faria de tudo para conquistar África e expulsar os muçulmanos da Península Ibérica . Daria o meu cargo ao meu filho mais velho.

                                                                                                                    Rodrigo








            Eu chamo-me Diana, e se eu fosse uma rainha eu tentaria conquistar mais terras.

Seria boa com o povo, dar-lhes-ia comida, alegria e protegê-los-ia. A Nobreza lutaria contra os muçulmanos e, sempre que houvesse uma vitória, iríamos celebrar com todas as pessoas do reino no meu castelo. Iríamos estar sempre preparados para a guerra e seriamos todos amigos.

Teria mais amigos e, todos juntos, mais terras conquistadas.   É por isso que, eu, Diana seria uma boa rainha.

                                                                                                                                       Diana




Se eu fosse um rei

        Se eu fosse um rei, eu chamar-me-ia Martim e eu teria nascido no dia 20 Janeiro de 1701.A minha nacionalidade seria Portuguesa, casaria com uma princesa de Inglaterra e teria um filho, cento e oito cavaleiros, quarenta ligados ao clero, e setenta e quatro ao povo.

Eu vestir-me-ia sempre com um casaco de pele vermelho, uma coroa dourada com sete diamantes, umas calças pretas e grandes, uns sapatos pretos e usaria uma espada na cintura.

Teria um castelo em cada região conquistada por mim, cinquenta casas e duas igrejas e, em cada cidade, daria dinheiro aos que precisavam e, por isso, eu seria um bom rei.

                                                                          Martim Gonçalves



                   Se eu fosse uma rainha

          Se eu fosse uma rainha eu teria uns olhos azuis, seria bonita e usaria um vestido rosa claro.

Era de nacionalidade portuguesa, o meu nome seria Lara com o  cognome “A linda”.

Eu mandaria os guerreiros alargar mais o território português. Ajudaria quem necessitava e dar-lhes-ia: roupas, calçado, comida, dinheiro e ensino.

         Por isso, acho que iria ser uma boa rainha!                                              Lara          



29 de dezembro de 2020

Trabalhos de Natal

 Aqui estão os trabalhinhos de cada aluno. Lindíssimos!!




















NATAL NA ESCOLA

         Este ano, o Natal na nossa escolinha foi diferente devido às medidas de prevenção da COVID19. Aproveitamos para decorar a nossa sala e realizámos lindos trabalhinhos com reciclagem de alguns materiais.

Decoração da sala:




Escrevemos ao Pai Natal:



Fizemos uns pinheirinhos com rolhas de cortiça:






Realizámos um cartão de Boas Festas:



Ainda decorámos o saquinho das prendinhas...







Pai Natal Verde

       No dia 3 de dezembro, na nossa sala, por videoconferência, assistimos a apresentação do livro O Pai Natal Verde“ com uma exibição de um teatro . Este projeto sensibilizou os alunos para a necessidade de atitudes sustentáveis, principal objetivo das Eco-Escolas.

                Todos adoraram a história e até participaram!!







5 de agosto de 2020

Último registo do ano letivo

Aqui fica o último registo do ano letivo 2019/2020. Devido à pandemia, as aulas presenciais acabaram no dia 13 de março. 




CARNAVAL 2020

Antes de celebrarmos o Carnaval, os alunos e crianças da escola construíram umas lindíssimas máscaras com gesso que, depois de secas ornaram com diferentes materiais reciclados. 
Vejam as da turma do 3.º e 4.º anos! Ficaram maravilhosas!






Fevereiro 2020 /Semana dos Afetos

Para comemorar a Semana dos Afetos, os alunos construíram uns cadeados onde escreveram mensagens dirigidas ao nosso Planeta Terra. Foram usados os pacotes de leite e enfeitados com vários materiais reciclados como lã, massas, palhetas...Os mesmos foram afixados na rede da escola.